Taisekiji

Participação na Cerimônia de Oko

No templo da Nichiren Shoshu é realizada mensalmente a Cerimônia de Oko, em celebração ao dia de falecimento (dia 13) do Buda Original Nichiren Daishonin.

A Cerimônia de Oko, também denominada “Oko em Retribuição pelas Dívidas de Gratidão”, é um cerimonial em que os clérigos e adeptos se reúnem para retribuir a Nichiren Daishonin pelas dívidas de gratidão. Nessa cerimônia, após o oferecimento de pratos (kenzen), a leitura do Sutra e a recitação de daimoku, é realizada a preleção pelo sacerdote.

Enquanto vivemos, recebemos vários favores. E, na condição de seres humanos, jamais devemos nos esquecer de retribuir pó esses favores recebidos (dívida de gratidão).

Na escritura “Sobre as Quatro Espécies de Dívida de Gratidão (Shion Sho)” Nichiren Daishonin indica as quatro espécies de dívida de gratidão: “dívida de gratidão a todos os seres; aos pais; ao soberano; e aos Três Tesouros” e ensina a importância de se conscientizar bem sobre esses favores recebidos, ou seja, as dívidas de gratidão, e retribuí-las baseado na Verdadeira Lei.

Especialmente quanto aos Três Tesouros – Buda, Lei e Sacerdote – que nos conduzem à Iluminação, a mais elevada condição de vida, a nossa dívida de gratidão com relação às suas virtudes é a maior de todas. Participar na Cerimônia de Oko e retribuir pela dívida de gratidão ao Buda Original da Era do Fim do Darma, Nichiren Daishonin, é praticar a retribuição pelas dívidas de gratidão aos Três Tesouros.

Nichiren Daishonin também ensina:

Haja o que houver, aproxime-se do sacerdote que conhece o propósito deste Sutra e conduza os passos de sua prática da fé, ouvindo cada vez mais o princípio da Lei.
                                                                                               Carta ao Suzerano Niike (Niike Gosho)

Participando da Cerimônia de Oko e ouvindo as preleções dos sacerdotes, podemos estabelecer uma prática da fé sólida que não se deixa ser influenciada por más relações.

Vamos participar todos os meses, sem falta, na Cerimônia de Oko, com toda a família.