Taisekiji

A prática da FÉ para alcançar a FELICIDADE

Para trilhar uma vida de felicidade

Colocando a fé correta em prática, conseguimos desenvolver uma força vital resistente, capaz de enfrentar e superar quaisquer sofrimentos e dificuldades, além da natureza humana repleta de profunda sabedoria e benevolência. E assim, estabeleceremos uma condição de vida de felicidade absoluta e inabalável.
A felicidade passará do plano individual para o familiar e às pessoas ao redor, atingindo a sociedade como um todo.
Viver o dia de hoje com base na fé correta, é como navegar em navio dotado de bússola. Avançarmos corretamente rumo à felicidade, que é o nosso objetivo.

Sky

Em prol da concretização da propagação irrestrita da Lei (kosen-rufu)

Nós almejamos estabelecer a condição de vida de felicidade e a paz na sociedade com o Budismo correto de Nichiren Daishonin.
Nichiren Daishonin revelou o ensino do “Nam-Myoho-Rengue-Kyo” para propiciar a felicidade a todas as pessoas. E assim, delegou a seus discípulos para que estabelecessem a paz no seu verdadeiro sentido, propagando este Budismo. A realização desse legado é denominada de “Kosen-rufu” (propagação irrestrita da Lei).
A nossa Iluminação se concretiza na medida em que dedicarmos à prática da fé e ao shakubuku, com vistas a esse objetivo.

Servir ao Gohonzon

Nichiren Daishonin revela sobre o Gohonzon da seguinte forma:
“Eu, Nichiren, inscrevi a minha vida com sumi, assim creia com toda sua fé.” (Resposta a Kyo-o, pág. 685)
Gohonzon é vida e própria entidade do Buda Original Nichiren Daishonin. Portanto, é importante servirmos ao Gohonzon como se servíssemos a Nichiren Daishonin em pessoa.
Além disso, o oratório, onde será consagrado o Gohonzon, deve ficar em local apropriado e mantê-lo sempre limpo e diariamente trocar a água do shikimi, oferecer água ao Gohonzon e acender vela e incenso.
Tudo isso é oferecimento ao Gohonzon, cuja ação resulta em acúmulo de virtudes e da raiz do bem por aqueles que o realizam.

Vamos nos dedicar à prática da fé para si e para os outros!

Nichiren Daishonin ensina a “prática da fé para si e para os outros”.
A prática para si se refere aos exercícios como o gongyo e a recitação do daimoku. O gongyo e a recitação do daimoku são fonte para estabelecer uma vida feliz e abrir um futuro repleto de esperanças. Vamos realizá-los, sem falta, todos os dias.
A prática para os outros é ensinar às pessoas que desconhecem o ensino de Nichiren ?Daishonin, áquea a causa da infelicidade está nas religiões errôneas (calúnia à Lei), e incentivá-las a se converterem à Nichiren Shoshu. A prática para os outros é denominada de “shakubuku”.
As práticas para si e para os outros são a base fundamental dos exercícios ascéticos. Ao realizar as duas, podemos obter o grande benefício denominado Iluminação.

Peregrinação ao Templo Principal e a visita ao templo são a base dos exercícios do caminho do Buda!

Na Nichiren Shoshu, denominamos de “tozan”, a peregrinação ao Templo Principal Taisekiji.
No Taisekiji encontra-se consagrado o Dai-Gohonzon do Supremo Santuário do Portal Original. É a terra sagrada, primordial do Budismo, onde a Pulsação Vital da Lei de Nichiren Daishonin é preservada. Vamos realizar a peregrinação ao Templo Principal e orar para o Dai-Gohonzon pela extinção das causas negativas, realização da grande aspiração de Nichiren Daishonin e pela concretização da paz mundial.
O templo ao qual estamos filiados é um “templo filial” do Taisekiji, Os templos filiais são preciosos castelos da Lei para o avanço da propagação irrestrita da Lei (Kosen rufu) e academia da Lei dotadas dos Três Tesouros: Buda, Lei e Sacerdote.
É importante que mantenhamos com firmeza a fé absoluta no Dai-Gohonzon, que é a essência do Budismo, e nos dediquemos à prática, realiando a peregrinação ao Templo Principal e visitação ao templo ao qual estamos filiados para recebermos as orientações do sacerdote prior.

Oferecimentos (Gokuyo)

Oferecimento (gokuyo) refere-se ao ato de realizar a oferenda em espécie ou em objetos, em retribuição pelas dívidas de gratidão aos Três Tesouros: Buda, Lei e Sacerdote. Esses oferecimentos são importantes para proteção e manutenção do Templo Principal, crescimento dos templos filiais e promoção da propagação irrestrita da Lei (kosen-rufu).
Nichiren Daishonin revela:
“Os mortais comuns tornam-se Budas quando compreendem o ideograma intenção”. (Sobre Uma Saca de Arroz, pág. 1644)
Assim, Nichiren Daishonin nos ensina que os oferecimentos realizados com intenção pura e sincera, são a base para nós, mortais comuns, atingirmos a Iluminação.
Vamos nos dedicar a realizar os oferecimentos de puro coração, em prol da prosperidade e avanço da Verdadeira Lei e também para que possamos acumular virtudes.

Estudo do Budismo

Nós nos baseamos nas escrituras, para o aprendizado do ensino de Nichiren Daishonin.
As escrituras referem-se às doutrinas e às cartas escritas por Nichiren Daishonin, dirigidas aos discípulos e adeptos.
O conteúdo das escrituras é muito amplo e de difícil compreensão. Vamos aprender corretamente o Budismo de Nichiren Daishonin, participando efetivamente das atividades do templo, como na Cerimônia de Oko – em retribuição pelas dívidas de gratidão e nas reuniões de estudo.
Aprofundando-se no estudo do Budismo, não serão atingidos mesmo que se deparem com más relações e poderão incorporar o conhecimento necessário para o shakubuku.